July 30, 2015 Gustavo De Biazzi

Ter ou não ter dados em tempo real, eis a questão.

interrogação

 

Muitas pessoas ao ler o título desse artigo dever ter exclamado, “é claro que quero ter dados em tempo real.” Mas alguns pontos devem ser considerados quando falamos em dados em tempo real.

O que fazemos e como fazemos com as informações que temos em nossas mãos, é extremamente importante.

 

dados em tempo real

 

Possuir informações, sejam elas suas, de seus clientes ou até mesmo de seus concorrentes, se tornou uma demanda crescente no mercado atual, independente da atividade de sua empresa. Quanto mais informações a empresa possui, mais eficiente será a comunicação com seus clientes e mais rápida será a resposta contra uma possível crise.

Para definir se precisamos ou não de informações em tempo real, primeiro lugar, devemos alinhar o que se entender por dados em tempo real. Pode parecer meio confusa essa pergunta. Porém é primordial definir com o solicitante o que se entende por dados em tempo real.

Para um vendedor que deseja saber o quanto vendeu, tempo real, por ser de 15 em 15 minutos, por exemplo. Para um profissional que atuará em possíveis comentários negativos sobre sua empresa, tempo real, por ser de 1 em 1 minuto. E por ai vai, os exemplos serão praticamente infinitos.

 

tela_de_pc

 

Uma vez definido o que está sendo considerado como dados em tempo real, precisamos analisar a tecnologia necessária para esta demanda. Ou seja, a empresa dispõe de tecnologia para atender as solicitações ou precisará contratar serviços terceirizados? Pois, dependendo do intervalo desejado para obtenção das informações, a tecnologia empregada muda. Portanto, mudará ferramenta necessária para realização dessa tarefa e existem diversas ferramentas no mercado. Mas isso é assunto para outro dia.

 

homem_correndo

 

Fora isso, é preciso saber se a empresa também possui a tecnologia para responder as situações. Ou seja, uma vez em posse de todos os dados, a empresa tem a tecnologia necessária para responder uma possível imagem negativa?

Em paralelo a essa questão de tecnologia, está a cadência das respostas. Isso quer dizer, o tempo gasto para que uma empresa atue sobre determinado assunto. É indispensável dispor de uma equipe dedicada à resolução dessas ocorrências. Ou pelo menos um profissional, dependendo da quantidade de ocorrências registras. Afinal, não adianta saber que seus clientes falam mal de sua empresa, se não há recurso para intervir e mudar a visão do cliente.

Após todas as devidas análises, imagine o seguinte cenário. A empresa tem as informações, tem a tecnologia e tem uma equipe dedicada a atuar nas ocorrências. Cenário perfeito, certo? Nem tanto. A último ponto que deve ser levado em consideração é, dados em tempo real são necessários? Poxa, por que isso agora? Por que essa pergunta depois de tudo? Imagine o seguinte, quando bem utilizado os dados em tempo real pode propiciar vantagem à sua empresa. Porém, quando não são utilizados corretamente podem gerar grande desconforto para a sua equipe. Como?

]

 

Imagine um painel onde constam todas as informações de vendas, por exemplo. Ao perceberem que as vendas estão caindo, algumas pessoas podem tomar isso como um incentivo para vender mais. Porém, por outro lado, muitas pessoas podem se sentir pressionadas e verem seu rendimento cair cada vez mais.

É necessário analisar todos os cenários possíveis antes de estabelecer a ordem de dados em tempo real a qualquer custo.

Crie uma nova ponte
Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Tagged: , , , ,

Leave a Reply

ESPECIALISTAS EM MARKETING DIGITAL

Entre em contato conosco!